O golaço da Panini

A Copa do Mundo vem se aproximando e com ela as ações de marca relativas a um dos maiores eventos esportivos do mundo.

Pois muito bem! Eis que a editora Panini, que fabrica o álbum de figurinhas da Copa foi super criativa e mandou à Bruna Marquezine, atriz global, mas também influenciadora digital, um exemplar com várias figurinhas repetidas do Neymar.

Associada ao presente, a Panini ainda mandou uma cartinha provocando: “Bruna, figurinha repetida, preenche álbum?” A ação foi diretamente para o Stories (Instagram) da atriz e imediatamente chamou a atenção dos usuários de mídias sociais e da imprensa.

Se a marca não tivesse tido a criatividade que teve, aliado ao bom humor, não teria conseguido os excelentes resultados de mídia espontânea que obteve.

Em tempos de relacionamento PAGO com influenciadores digitais, conseguir exposição gratuita em um dos perfis com maior número de seguidores e com tamanha visibilidade, faz uma diferença imensa. Fora isso, diversas publicações importantes se interessaram pelo caso e noticiaram o fato, como Exame, Catraca Livre, Portal Vírgula, Estadão, Gazeta do Povo, Folha, entre tantos outros.

A atriz ainda pediu que o namorado autografasse algumas das figurinhas repetidas para que ela pudesse trocar com os internautas.

Foi ou não um gol de placa de ambas as partes? Senhora ação de relacionamento! Para os estudantes de plantão, isso se chama Relações Públicas Digitais. ;-)

No responses yet

Sobre uvas passas, alcance orgânico e engajamento

Como a Bauducco driblou o algoritmo “perverso” do Facebook e encaixou um post com centenas de milhares de curtidas

Uma postagem sobre uva passa chamou a atenção de muita gente no Facebook essa semana. Isso porque a Bauducco se propôs a criar uma colomba pascal com 200% de uvas passas! Rs! Houve quem adorasse e houve quem odiasse. O fato é que as pessoas amaram a ousadia da marca.

Até o dia de hoje, 15/03, o post contabilizava 142 reações, 10.545 compartilhamentos e mais de 27 mil comentários. A receita de tamanho sucesso? Conteúdo inusitado, engraçado, combinado a uma estratégia de relacionamento da marca. Sim, a marca, ao que tudo indica ainda fez uma força-tarefa para responder às dezenas de milhares de comentários com gifs, figurinhas e boas respostas. Para quem curte uma teoria, RP Digitais na veia. Para quem fala a língua do mercado, apenas, engajamento na prática.

O fato é que a Bauducco conseguiu dar um belo drible no algoritmo do Facebook à medida em que chamou a audiência para o engajamento. As pessoas marcavam outras, compartilhavam o post e a publicação viralizou. Portanto, não precisou ser patrocinada/paga, nesse caso.

Até onde vai a colomba de uva passa? Não foi muito longe…rs! A ação foi um teaser para um lançamento da marca em parceria com chocolates Snickers.

E para quem quiser aprender/dialogar/trocar comigo sobre conteúdo em mídias sociais, tenho alguns cursos a acontecer:
Gestão de conteúdos em mídias sociais – 23 e 24/04, das 14h às 18h.

Gestão de relacionamentos nas mídias sociais – 25/04, das 14h às 18h.

Relacionamento com Influenciadores – 25/04, das 18h30 às 22h30.

Mídias sociais para PMEs - 26/04, das 14h às 18h.

No responses yet

Cursos de mídias sociais na @Cásper Líbero, de 23 a 26/04/18

jan 31 2018 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

Novas edições dos cursos de mídias sociais na Faculdade Cásper Líbero, em SP, de 22 a 26 de Abril de 2018.

Confira:

Gestão de conteúdos em mídias sociais – 23 e 24/04, das 14h às 18h.

Gestão de relacionamentos nas mídias sociais – 25/04, das 14h às 18h.

Relacionamento com Influenciadores – 25/04, das 18h30 às 22h30.

Mídias sociais para PMEs - 26/04, das 14h às 18h.

No responses yet

Conteúdo é rei, mas a mídia também faz parte da realeza!

set 04 2015 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

É com esse título que começo o meu artigo no ebook gratuito: “Comunicação, Mercado e Tecnologia”, organizado por Cláudia Maria Arantes Assis, Jefferson Ferreira Saar e Rafael Vergili.

O ebook traz nove artigos de profissionais, professores e acadêmicos da área de comunicação, mídias sociais, marketing digital, entre outros.

Vale conferir!

Para baixar, basta acessar: http://pt.slideshare.net/GrupoComertec/comunicao-mercado-e-tecnologia-volume-1.

 

2 responses so far

Serviço de utilidade pública: report #MS360FAAP analisa cenário de mídias sociais no Brasil

out 20 2014 Published by under Comunicação

Recebi dois links essa semana que me deixaram feliz: o projeto #MS360FAAP e um estudo do próprio Facebook sobre a relação dos usuários com as marcas.

#MS360FAAP

Trata-se de um report trimestral produzido por professores da FAAP (dentre eles o @ericmessa) e profissionais do SocialBakers com o objetivo de analisar dados relevantes sobre o cenário das mídias sociais no Brasil.

Para quem estuda, trabalha ou quer acompanhar a área é um prato cheio.

 

#Facebook e as marcas

Notícia do Adnews mostra os resultados divulgados pelo Facebook na data de hoje, 20/10, sobre a relação entre os usuários e as marcas presentes na plataforma na América Latina. Interessante acompanhar: http://www.adnews.com.br/tecnologia/facebook-analisa-relacao-dos-usuarios-com-as-marcas.

 

Para quem reclama que não temos dados na área, seguem essas dicas!

 

No responses yet

Fleury lança app que “lê” a guia médica e agiliza a marcação de exames

set 17 2014 Published by under Comunicação

O Fleury Medicina e Saúde acaba de lançar um aplicativo que “lê” o que está escrito na guia médica, por meio de uma foto, e agenda exames médicos de forma simples e rápida, de acordo com as preferências de local e horário. A Isobar é a responsável por criar esta novidade, chamada Agendamento Fleury, que facilita e otimiza o tempo dos usuários durante o processo de marcar exames. Para isso, é necessário apenas baixar o app, tirar uma foto da receita, preencher um perfil rápido, escolher qual o horário e unidade de preferência e aguardar a confirmação do agendamento.

O app já está disponível para download em smartphones dos sistemas iOS e Android. A opção de realizar o upload de receita pode ser realizada pelo chat online e também estará disponível no novo site Fleury, com lançamento previsto para o final de 2014.

Veja o vídeo case:

Para baixar o app, acesse:

Android: http://goo.gl/3gZrbx

IOS: http://goo.gl/sDzAOf

Os usuários, consumidores, clientes, internautas acabam por se relacionar com as marcas por meio dos aplicativos que se apresentam como facilitadores para o dia a dia deles e encurtadores de caminhos para se chegar até onde se deseja. No caso de pedidos médicos e letras ilegíveis, o app ajuda e muito! :-)

No responses yet

Estratégia para vender água (e bem estar) passa pelas redes sociais

out 30 2012 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

A aposta da Bonafont para apresentar aos usuários/clientes o seu desafio é pelo uso e compartilhamento via mídias sociais. A marca acredita que as pessoas se sentem mais responsabilizadas se compartilham seus objetivos nos canais de mídia social. Portanto, o conceito que baliza a campanha da Experiência 15 é: “o sucesso de uma promessa é proporcional ao número de amigos com os quais você compartilha o objetivo”.

A Experiência 15 consiste em um aplicativo na fanpage da BonafontBrasil que estimula as pessoas a criarem hábitos mais saudáveis usando o serviço de compartilhamento na rede social, trazendo à vida o poder de compartilhar com o grupo.

Um outro aplicativo compartilhador de pensamentos leves, no estilo mais compartilhador das redes, completa a fanpage: http://www.facebook.com/BonafontBrasil/app_222765684501025.

Segundo dados da Agência Espalhe, responsável pela disseminação da campanha, o aplicativo Experiência 15 já foi baixado mais de 1200 de vezes.

Complementa a estratégia da campanha em mídias sociais a série de três vídeos disponíveis no Youtube, dois deles com Cynthia Howlett e Dú Moscovis:

http://youtu.be/Uei-6eVUQ54

http://youtu.be/UsC_Hn85bb0

http://youtu.be/9DeQRBmaEYA

Resta-nos saber se a estratégia em mídias sociais está ajudando realmente a incrementar o faturamento ou se apenas dá alguma visibilidade para a marca. Também gostaria de saber se o fato de alguém conhecido fazer o desafio encoraja outros. Quem sabe?

À propósito, já tentou o desafio? ;-)

No responses yet

Mídias sociais permitem que você seja o técnico do time e que conheça mais a respeito de um ponto turístico. Como? Eu explico!

out 06 2012 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

Sou apaixonada por iniciativas inteligentes e bem planejadas de mídias sociais. Até aí, nenhuma novidade. O que me chamou a atenção nos últimos dias foram duas ações que posso classificar como sensacionais.

A primeira vem de Portugal e é uma ideia simples, mas genial: a calçada de Chiado, em Lisboa, traz um QR Code com informações a respeito daquele ponto. O turista aciona o seu leitor de QR Code e passa a ter acesso a conteúdo sobre aquele local. A iniciativa foi levada também para Barcelona e dizem por aí que vão trazê-la também para as calçadas do Rio de Janeiro. Matam-se “dois coelhos com uma paulada só”: une-se a tradição dos trabalhos dos calceteiros e o vigor, a rapidez, a capacidade de gerar hiperlinks das mídias sociais.

A segunda ideia que mexe com o on e o off-line vem da África do Sul, da cerveja Carling Black Label Beer e a proposta é empoderar o torcedor de futebol como sendo o técnico os times que gosta (Be the Coach).

A empresa promoveu um torneio entre dois times de futebol rivais – Kaizer Chiefs e Orlando Pirates – em que os torcedores poderiam se transformar nos técnicos. Comprando a cerveja, o torcedor tinha acesso a um código que deveria ser usado para interagir com a marca via smartphones. Em posse do código, o usuário podia fazer substituições ao vivo, escolher quem saía jogando e quem ficava no banco. Como resultado da ação interativa e participativa (veja o vídeo aqui), a marca registrou 10 milhões e meio de votos em sete semanas de campeonato, aumento de 450% na fanpage da Carling, 600% de aumento no número de seguidores no Twitter e 83 milhões de Rands (moeda local) foram gerados em mídia espontânea. E o jogo em si, não poderia ter terminado melhor: uma final com disputa de pênaltis, mostrando que as escolhas do consumidor foram, no mínimo, adequadas, pois ambos os times chegaram competitivos ao fim.

Quer mais do que isso? O tremendo engajamento gerado com a marca por meio de uma ação como essa.

O grande desafio daqui pra frente? Manter esse público todo engajado, envolvido e participativo nas iniciativas da marca. Gol da Carling, na minha opinião!

Ah, sobre o QR Code, quem sabe ao subir as escadarias do Cristo Redentor, no RJ, a gente não tenha acesso a informações históricas, olhando-se, simplesmente, para o chão! J

 

OS: obrigada, @Juliana Monteiro, pelas dicas de ações.

Este post foi originalmente publicado no Blog Relações em 05/10/2012.

No responses yet

Ideias na mesa – uma iniciativa de crowdsourcing via internet

fev 23 2012 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

O Ideias na Mesa é uma plataforma colaborativa baseada em crowdsourcing. A palavra é a junção dos termos crowd, multidão, e outsourcing, terceirização, que juntos trazem ideia de consultar pessoas em geral – crowd – para apontar direções, solucionar problemas de forma criativa e trazer novas ideias, e não apenas funcionários de uma empresa ou especialistas – outsourcing. Outras empresas como Dell, FIAT, Gafisa, Starbucks e Pepsico já fizeram ações próprias com essa ideia de crowdsourcing.

Dessa forma, o Ideias na Mesa se constitui como uma plataforma única que ajudará empresas a conseguir ideias para seus produtos, serviços, preços, o que mais elas estiverem criando, ou até mesmo para o que criar.

Segundo informações dos idealizadores do projeto, as empresas ganham em:

  • Marketing – afinal, os desafios são feitos para gerar um buzz nas redes sociais dos clientes. E quem não gostaria de ver sua marca sendo viralizada no Facebook ou Twitter?
  • Inovação – os desafios geram uma inovação para as empresas; pode ser simples, como o nome de um produto, passando por roteiros de comerciais e até mesmo sugestões de programas de TV. Os usuários podem ser desafiados de infinitas formas.
  • Inteligência coletiva – são centenas de ideias geradas, aumentando as chances de uma excelente ideia surgir. É como diz o ditado: “duas cabeças pensam melhor que uma”. Imagine milhares. É uma forma barata de se ter milhares de consultores trabalhando em prol da inovação para a empresa.
  • Experiência com a marca – os clientes terem a chance de participar de uma decisão da empresa é uma ótima forma de ouvi-los, mudando sua forma de se relacionar com a empresa; o relacionamento se torna mais próximo, e por vezes mais afetivo.

 O público em geral, por sua vez, ganha pois pode opinar desde características dos produtos, passando pelo seu valor, o que deve ser acrescentado e o que deve ser retirado, entre muitas outras sugestões.

Como funciona?

No Ideias na Mesa, as empresas ou órgãos públicos propõem desafios que são resolvidos pelos usuários cadastrados no site www.ideiasnamesa.com. O cadastro é gratuito e exige apenas um endereço de e-mail.

A partir do cadastro, basta que os usuários esperem até que os desafios sejam lançados. Além de contatar os usuários cadastrados por e-mail, o Ideias na Mesa possui um blog que divulga os desafios – blog.ideiasnamesa.com.br, uma página no Facebook, na qual sempre será criado um aplicativo para cada desafio, facilitando a participação dos usuários que desejam dar ideias, e pode ser seguido no Twitter, @ideiasnamesa.

Ao enviar uma ideia, os usuários concordam que sua propriedade jurídica passa ser da empresa ou instituição que lançou o desafio. No final do desafio, a empresa escolhe as melhores entre as centenas de ideias sugeridas, as quais receberão prêmios em dinheiro. Serão recompensadas a ideia escolhida e também as mais votadas.

Já as empresas interessadas em lançar desafios devem contatar a equipe do Ideias na Mesa para que decidam como irão lançá-lo para o público, definindo seus detalhes e regras. Um exemplo de desafio pode ser, no caso do lançamento de um produto novo, a empresa pedir sugestões de nomes para tal produto. Neste caso, ela irá fornecer todos os dados deste produto, tais como público-alvo, características do material, tipo de uso, e com essas informações disponíveis os usuários darão as sugestões.

Os usuários serão encorajados a publicar suas ideias nas redes sociais, e através do aplicativo do Facebook, o público também poderá votar na ideia que julgar ser a melhor. Dessa forma, não apenas a empresa é promovida, como o produto que ainda nem foi lançado no mercado, e a empresa poderá ainda valer-se da ajuda dos consumidores para eleger a melhor ideia.

O primeiro desafio: ideias para SP

No primeiro desafio do Ideias na Mesa, lançado no dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, os moradores terão a oportunidade de contribuir com ideias para melhoria da cidade. O objetivo é que as melhores ideias sejam organizadas e virem um projeto de lei, que será encaminhado aos vereadores.

Não será necessário que os participantes criem o projeto em si, apenas a ideia principal. As ideias serão exibidas no Facebook, e serão avaliadas pelo número de votos (número de pessoas que “curtiram”) e por características como viabilidade, criatividade e preço de execução. Todos os que contribuírem com ideias serão co-autores do projeto.

As ideias serão recebidas por um prazo de três semanas a contar do lançamento (25/01/2012). Após esse período, o Ideias na Mesa, com a ajuda de um grupo de consultoria, irá analisar as mais promissoras para a elaboração do projeto de lei. As cinco melhores idéias serão contempladas com um prêmio simbólico em dinheiro.

Quer saber mais?

- Reportagem no Catraca Livre:

http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/02/ideias-na-mesa-e-fartura-de-conhecimento/

- InteligeMcia:

http://www.inteligemcia.com.br/60296/2012/02/01/nova-startup-de-crowdsourcing/

- E-mail: contato@ideiasnamesa.com.br

- Website: www.ideiasnamesa.com.br

- Blog: blog.ideiasnamesa.com.br

- Facebook: fb.com/ideiasnamesa

- Twitter: @ideiasnamesa

No responses yet

Mídias sociais a serviço de causas sociais

nov 15 2011 Published by under Comunicação, Mídias Sociais

Fiz um post para o Blog Relações (www.blogrelacoes.com.br), o qual sou colunista, sobre a importância e a oportunidade que as causas sociais têm com as mídias sociais.

E você conhece causas que se valham das mídias sociais? Comente!

No responses yet

Older posts »